FAQ SECRETARIA DA MULHER

 

Perguntas frequentes

 

1) Onde procurar ajuda em caso de violência contra a mulher?

Existem duas possibilidades de buscar ajuda: no exato momento da agressão, procurando os órgãos de segurança pública ou, após o ocorrido, procurando serviços especializados que ajudarão a mulher a romper o ciclo de violência.

Desta forma, se você está sofrendo ou presenciando um ato de violência contra a mulher neste momento: ligue 190 - Polícia Militar.

Se possui medida protetida e o agressor a está descumprindo neste momento: ligue 153 - Patrulha Maria da Penha.

Se a violência já ocorreu e você precisa de ajuda especializada para romper este ciclo: procure o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CAM): Av. Santos Dumont, 408, Fone: 3378-0132.

 

2) Há algum serviço específico para atendimento de casos de violência sexual?

Em caso de violência sexual, ligue 190, 153 ou procure o Programa Rosa Viva, um serviço 24 horas especializado no atendimento destes casos que funciona dentro da Maternidade Municipal Lucilla Ballalai - Fone: 3372-9850.

 

3) Quais serviços a Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (SMPM) oferece às mulheres em situação de violência?

Basicamente são ofertados dois serviços: o CAM e a Casa Abrigo Canto de Dália.

O CAM oferece atendimento psicossocial e orientação jurídica a mulheres em situação de violência física, sexual, psicológica, moral e patrimonial.

Já a Casa Abrigo Canto de Dália destina-se a acolher temporariamente, em local seguro e sigiloso, mulheres em situação de violência doméstica e familiar sob grave ameaça e risco de morte, acompanhadas ou não de seus filhos e filhas menores de 18 anos. O serviço oferece atendimento social, psicológico, de enfermagem, orientação jurídica e ainda encaminha as mulheres, bem como seus filhos e filhas, aos demais serviços da rede como centros de educação infantil, escolas, serviços de saúde, programas de qualificação profissional e outros.

 

4) Quais são as formas de violência contra a mulher?

Estas são as principais formas de violência contra a mulher e alguns exemplos de como elas ocorrem:

- Violência psicológica: humilhar, insultar, isolar, perseguir, ameaçar, etc.

- Violência física: empurrar, chutar, amarrar, bater, etc.

- Violência sexual: estuprar, assediar, impedir o uso de preservativo, forçar a relação, etc.

- Violência patrimonial: reter, subtrair ou destruir objetos e bens pessoais, controlar o seu dinheiro, etc.

- Violência moral: caluniar, injuriar, difamar.

 

5) A Secretaria oferece algum serviço não relacionado à violência?

Sim, a SMPM também desenvolve ações de caráter informativo e formativo. Por meio do COM - Centro de Oficinas para as Mulheres - são ofertadas diversas oficinas, cursos, palestras nas áreas de geração de renda, preparação para o mercado de trabalho, bem-estar, saúde, educação, dentre outras. 

As atividades buscam contribuir para o desenvolvimento da autonomia, das habilidades pessoais das mulheres, além de fomentar o empreendedorismo.

 

6) Onde posso acompanhar as atividades ofertadas pela Secretaria?

Todas as ações da SMPM são divulgadas neste site, no menu Eventos e Atividades, e em nossas redes sociais: Facebook e Instagram

 

 


Imprimir   Email